Os Cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar os nossos serviços, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.

[Fechar]
Publicidade
Esta informação da PREVISÃO DO TEMPO é oferecida por:
Em Destaque
Vila Nova de Famalicão

Famalicão recua no tempo e vive Feira Medieval e Viking

2018-06-22

Evento

Texto:
Cristiana Carmo

Fotografia de:
CMVNF




Evento realiza-se de 5 a 8 de julho, nos jardins da Praça D. Maria II, e vai passar a ter periodicidade anual

De 5 a 8 de julho, Vila Nova de Famalicão volta a recordar a passagem e presença dos Vikings no território famalicense, em mais uma edição da Feira Medieval e Viking.

Depois do êxito alcançado nos últimos anos, a iniciativa, que é promovida pela Escola Profissional CIOR em parceria com a Câmara Municipal, ganha a partir deste ano uma nova periodicidade, passando a realizar-se anualmente.

“É uma iniciativa que traz milhares de pessoas à cidade e que permite um reencontro com a nossa história e identidade. Proporciona a todos os famalicenses um tempo de qualidade não só ao nível do lazer, como também ao nível do contacto com a História do concelho, da região e do país”, assinala, a propósito, o autarca famalicense Paulo Cunha.

Ao todo participam nesta recriação histórica cerca de meio milhar de figurantes - a esmagadora maioria alunos da CIO - que ao longo dos quatro dias do evento recriam o ambiente medieval e viking, com músicos, atores, malabaristas, acrobatas, cavaleiros, bailarinas, mercadores, entre outras personagens alusivas à época.

Além da programação, que apresenta como ponto alto o momento do “assalto ao castelo” (dias 6,7 e 8), durante os quatro dias de feira os visitantes poderão usufruir de uma forma permanente do mercado medieval; jogos medievais e vikings; figurantes da época; música da época; exposição de animais de grande e pequeno porte; exposição de artefactos de tortura e morte; recriação da aldeia do povo europeu e viking; recriação da aldeia dos leprosos; animações por todo espaço.

A Feira vai decorrer nos jardins da Praça D. Maria II, bem no centro da cidade, e assume-se como uma oportunidade única para contactar de perto com a cultura dos povos oriundos do norte da Europa e de conhecer a sua relação com o concelho famalicense.

A presença Viking no território de Vila Nova de Famalicão é irrefutável e faz parte da identidade territorial, estando devidamente registada nos “Annales Portucalenses Veteres”, que relatam uma incursão de normandos (“homens do Norte”), a 6 de Setembro de 1016, no território que hoje é o concelho de Vila Nova de Famalicão.

Programa completo em www.vilanovadefamalicao.org/_feira_medievalviking.

Horário da Feira

•         Dia 05, quinta-feira, das 19h00 às 22h30

•         Dia 06, sexta-feira, das 10h00 às 01h00

•         Dia 07, sábado, das 10h00 às 01h00

•         Dia 08, domingo, das 10h00 às 22h30

 



Vila Nova de Famalicão

Famalicão recua no tempo e vive Feira Medieval e Viking

2018-06-22

Evento

Texto:
Cristiana Carmo

Fotografia de:
CMVNF




Evento realiza-se de 5 a 8 de julho, nos jardins da Praça D. Maria II, e vai passar a ter periodicidade anual

De 5 a 8 de julho, Vila Nova de Famalicão volta a recordar a passagem e presença dos Vikings no território famalicense, em mais uma edição da Feira Medieval e Viking.

Depois do êxito alcançado nos últimos anos, a iniciativa, que é promovida pela Escola Profissional CIOR em parceria com a Câmara Municipal, ganha a partir deste ano uma nova periodicidade, passando a realizar-se anualmente.

“É uma iniciativa que traz milhares de pessoas à cidade e que permite um reencontro com a nossa história e identidade. Proporciona a todos os famalicenses um tempo de qualidade não só ao nível do lazer, como também ao nível do contacto com a História do concelho, da região e do país”, assinala, a propósito, o autarca famalicense Paulo Cunha.

Ao todo participam nesta recriação histórica cerca de meio milhar de figurantes - a esmagadora maioria alunos da CIO - que ao longo dos quatro dias do evento recriam o ambiente medieval e viking, com músicos, atores, malabaristas, acrobatas, cavaleiros, bailarinas, mercadores, entre outras personagens alusivas à época.

Além da programação, que apresenta como ponto alto o momento do “assalto ao castelo” (dias 6,7 e 8), durante os quatro dias de feira os visitantes poderão usufruir de uma forma permanente do mercado medieval; jogos medievais e vikings; figurantes da época; música da época; exposição de animais de grande e pequeno porte; exposição de artefactos de tortura e morte; recriação da aldeia do povo europeu e viking; recriação da aldeia dos leprosos; animações por todo espaço.

A Feira vai decorrer nos jardins da Praça D. Maria II, bem no centro da cidade, e assume-se como uma oportunidade única para contactar de perto com a cultura dos povos oriundos do norte da Europa e de conhecer a sua relação com o concelho famalicense.

A presença Viking no território de Vila Nova de Famalicão é irrefutável e faz parte da identidade territorial, estando devidamente registada nos “Annales Portucalenses Veteres”, que relatam uma incursão de normandos (“homens do Norte”), a 6 de Setembro de 1016, no território que hoje é o concelho de Vila Nova de Famalicão.

Programa completo em www.vilanovadefamalicao.org/_feira_medievalviking.

Horário da Feira

•         Dia 05, quinta-feira, das 19h00 às 22h30

•         Dia 06, sexta-feira, das 10h00 às 01h00

•         Dia 07, sábado, das 10h00 às 01h00

•         Dia 08, domingo, das 10h00 às 22h30