Os Cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar os nossos serviços, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.

[Fechar]
Publicidade
Em Destaque
Vila Nova de Famalicão

Segunda edição do festival Mel “ultrapassou todas as expectativas”

2018-08-07

Evento

Texto:
Cristiana Carmo

Fotografia de:
CMVNF




Fora conseguidas mais de 2000 pessoas

Mais de duas mil pessoas estiveram este fim-de-semana no Mel : Piquenique das Artes.

De acordo com a organização, a segunda edição do festival, promovido pelas Associações Elogio Vadio e Fértil Cultural com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão,“ultrapassou todas as expectativas”.

“Este ano introduzimos algumas mudanças no festival, houve um redimensionamento do próprio espaço e isso traduziu-se numa melhoria significativa. O feedback tem sido muito bom e já prevemos uma nova edição em 2019 com muitas novidades”, disse Rui Alves Leitão.

Satisfeito com a dinâmica do Mel estava também o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que no passado domingo esteve no recinto. “Apesar de muito recente, este é um projeto ganho, que começa já a conquistar o seu público e que encaixa na perfeição com o espírito e os valores do Parque da Devesa”.

Recorde-se que a iniciativa decorreu de sexta a domingo com perto de uma dezena de concertos, espetáculos de teatro, conferências, entre outras propostas gratuitas. Utilizar a expressão artística como forma facilitadora da interação cultural e da consciência social, ambiental e ecológica é um dos seus principais objetivos.  



Vila Nova de Famalicão

Segunda edição do festival Mel “ultrapassou todas as expectativas”

2018-08-07

Evento

Texto:
Cristiana Carmo

Fotografia de:
CMVNF




Fora conseguidas mais de 2000 pessoas

Mais de duas mil pessoas estiveram este fim-de-semana no Mel : Piquenique das Artes.

De acordo com a organização, a segunda edição do festival, promovido pelas Associações Elogio Vadio e Fértil Cultural com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão,“ultrapassou todas as expectativas”.

“Este ano introduzimos algumas mudanças no festival, houve um redimensionamento do próprio espaço e isso traduziu-se numa melhoria significativa. O feedback tem sido muito bom e já prevemos uma nova edição em 2019 com muitas novidades”, disse Rui Alves Leitão.

Satisfeito com a dinâmica do Mel estava também o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que no passado domingo esteve no recinto. “Apesar de muito recente, este é um projeto ganho, que começa já a conquistar o seu público e que encaixa na perfeição com o espírito e os valores do Parque da Devesa”.

Recorde-se que a iniciativa decorreu de sexta a domingo com perto de uma dezena de concertos, espetáculos de teatro, conferências, entre outras propostas gratuitas. Utilizar a expressão artística como forma facilitadora da interação cultural e da consciência social, ambiental e ecológica é um dos seus principais objetivos.