Os Cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar os nossos serviços, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.

[Fechar]
Publicidade
Em Destaque
Vale São Cosme

Mestre FIDE Luís Silva Vice-Campeão Nacional Absoluto

2018-09-10

Xadrez

Texto:
AVC

Fotografia de:
DIDÁXIS




A 74ª Fase Final do Campeonato Nacional Individual Absoluto 2017/2018 teve a presença de 10 jogadores.

Depois de três momentos de apuramento, o Torneio Nacional de Mestres, melhor português do Circuito Nacional de Clássicas e três melhores portugueses do Open de Portugal, decorreu, de 2 a 9 de setembro, a 74ª Fase Final do Campeonato Nacional Individual Absoluto 2017/2018, com a presença de 10 jogadores.

Esta prova foi organizada pela Federação Portuguesa de Xadrez (FPX) e contou com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Associação de Xadrez do Distrito de Braga e Câmara Municipal de Braga. A arbitragem esteve a cargo do AI Carlos Oliveira Dias e direção de prova de Dominic Cross, Presidente da FPX, durante 8 dias no Museu de Biscainhos, em Braga, em formato de todos contra todos, tendo-se apurado o novo Campeão Nacional.

A edição deste ano voltou a ser extremamente competitiva, com um equilibro constante, nas 9 sessões disputadas, fruto de estarem presentes os melhores xadrezistas nacionais entre jogadores já experientes e jovens que cada vez mais se afirmam no panorama escaquístico nacional.

O Grande Mestre António Fernandes (AX Portugal/Atlantidiagonal) coroou-se Campeão Nacional pela 16.ª vez na carreira ao terminar a prova isolado no primeiro lugar com 6,5 pontos, estendendo um recorde cada vez mais inalcançável por qualquer outro xadrezista luso. Na nona e derradeira jornada da Fase Final do Campeonato Nacional Absoluto, que decorreu no salão nobre do Museu dos Biscaínhos, em Braga, o GM António Fernandes bateu o mestre FIDE Pedro Rego (A.XAT Montemor-o-Novo) e beneficiou da derrota do anterior Campeão Nacional, o MI André Ventura Sousa (AX Gaia), frente ao, também, MI David Martins (GD Dias Ferreira).

Na segunda posição posicionou-se o Mestre FIDE Luís Silva (CX A2D) que venceu de forma categórica o MI Sérgio Rocha (FC Barreirense), na derradeira, ronda, tendo o MI David Martins ficado com o terceiro lugar. O Vice-Título Nacional conquistado pelo jovem atleta famalicense coloca-o cada vez mais perto do título de Mestre Internacional de Xadrez estando a 26 pontos de alcançar o elo 2400 necessários para obtenção do título de MI, pois já conquistou as necessárias três normas (julho 2013, agosto 2015, agosto 2016).

O jovem Mestre FIDE famalicense Luís Silva (Clube de Xadrez A2D) participou pela quarta vez no mais importante Torneio Individual Nacional (2013, 2014, 2015 e 2018), integrado no lote de 10 jogadores com 2310 pontos de elo médio. Ao alcançar o Vice-Título Nacional Absoluto, o jovem atleta famalicense, com apenas 23 anos, afirmou-se, mais uma vez, como um valor seguro da elite do Xadrez Nacional Absoluto.

Mais informações:

http://chess-results.com/tnr370682.aspx?lan=10&art=1&turdet=YES&flag=30





Vale São Cosme

Mestre FIDE Luís Silva Vice-Campeão Nacional Absoluto

2018-09-10

Xadrez

Texto:
AVC

Fotografia de:
DIDÁXIS




A 74ª Fase Final do Campeonato Nacional Individual Absoluto 2017/2018 teve a presença de 10 jogadores.

Depois de três momentos de apuramento, o Torneio Nacional de Mestres, melhor português do Circuito Nacional de Clássicas e três melhores portugueses do Open de Portugal, decorreu, de 2 a 9 de setembro, a 74ª Fase Final do Campeonato Nacional Individual Absoluto 2017/2018, com a presença de 10 jogadores.

Esta prova foi organizada pela Federação Portuguesa de Xadrez (FPX) e contou com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Associação de Xadrez do Distrito de Braga e Câmara Municipal de Braga. A arbitragem esteve a cargo do AI Carlos Oliveira Dias e direção de prova de Dominic Cross, Presidente da FPX, durante 8 dias no Museu de Biscainhos, em Braga, em formato de todos contra todos, tendo-se apurado o novo Campeão Nacional.

A edição deste ano voltou a ser extremamente competitiva, com um equilibro constante, nas 9 sessões disputadas, fruto de estarem presentes os melhores xadrezistas nacionais entre jogadores já experientes e jovens que cada vez mais se afirmam no panorama escaquístico nacional.

O Grande Mestre António Fernandes (AX Portugal/Atlantidiagonal) coroou-se Campeão Nacional pela 16.ª vez na carreira ao terminar a prova isolado no primeiro lugar com 6,5 pontos, estendendo um recorde cada vez mais inalcançável por qualquer outro xadrezista luso. Na nona e derradeira jornada da Fase Final do Campeonato Nacional Absoluto, que decorreu no salão nobre do Museu dos Biscaínhos, em Braga, o GM António Fernandes bateu o mestre FIDE Pedro Rego (A.XAT Montemor-o-Novo) e beneficiou da derrota do anterior Campeão Nacional, o MI André Ventura Sousa (AX Gaia), frente ao, também, MI David Martins (GD Dias Ferreira).

Na segunda posição posicionou-se o Mestre FIDE Luís Silva (CX A2D) que venceu de forma categórica o MI Sérgio Rocha (FC Barreirense), na derradeira, ronda, tendo o MI David Martins ficado com o terceiro lugar. O Vice-Título Nacional conquistado pelo jovem atleta famalicense coloca-o cada vez mais perto do título de Mestre Internacional de Xadrez estando a 26 pontos de alcançar o elo 2400 necessários para obtenção do título de MI, pois já conquistou as necessárias três normas (julho 2013, agosto 2015, agosto 2016).

O jovem Mestre FIDE famalicense Luís Silva (Clube de Xadrez A2D) participou pela quarta vez no mais importante Torneio Individual Nacional (2013, 2014, 2015 e 2018), integrado no lote de 10 jogadores com 2310 pontos de elo médio. Ao alcançar o Vice-Título Nacional Absoluto, o jovem atleta famalicense, com apenas 23 anos, afirmou-se, mais uma vez, como um valor seguro da elite do Xadrez Nacional Absoluto.

Mais informações:

http://chess-results.com/tnr370682.aspx?lan=10&art=1&turdet=YES&flag=30